sábado, 3 de setembro de 2016

A SOBREVIVÊNCIA HUMANA

A sobrevivência neste planeta depurador é muito difícil devido a fatores já conhecidos e mencionados anteriormente, como a falta de oportunidade para novos empregos, carência afetiva, falta de objetividade, falta de dinheiro, de saúde, de colocação no mercado de trabalho, de relacionamento familiar, emocional, mental, de influencias negativas, pobreza, miséria, catástrofes, etc. Somente a paciência e a confiança no Eterno poderá nortear as atitudes de prosperidades do ser humano em momentos de desesperança e tribulações. Muitos, principalmente os ateus, obtêm conforto principalmente no relacionamento com a família e amigos, comida e bebida, animais de estimação, musica, televisão, literatura, artes e entretenimento, esportes ou exercícios, meditação, psicoterapia, drogas e trabalho. Portanto, reflita sobre sua vida, os anseios da família, dos compromissos e dividas eminente, cuide do seu corpo que é neste momento sua verdadeira casa e não um abrigo e ocupe sua mente com desejos de sorte e felicidade.


 Entenda que se você não existir o sol continuará brilhando para outras pessoas. Mantenha os seus pensamentos na grandeza do Universo Cósmico e na Energia Cósmica Universal que é Deus o Pai todo poderoso. Mal olhado é uma energia negativa produzida pelo próprio ser humano. Uma influencia negativa é produzida pelos encostos ou espíritos de baixa evolução. Não desvirtue o seu coração e a sua energia natural para coisas erradas ou insólitas e continue sua missão de sobreviver. Você esta vivendo num grupo karma. O grupo karma mais fechado é a família. Ex: o pai, a mãe, o marido, a esposa, os filhos, as filhas, os netos, a nora, o genro. No entanto, há participantes indiretos do seu grupo karma, ou seja, pessoas que vivem no mesmo período em que você esta encarnado no planeta Terra, mas não tem convivência direta com você, Ex: o presidente da Republica, o papa, uma vizinha, o patrão, um primo distante, seu colega de trabalho, o carteiro, um transeunte, o prefeito da cidade, os amigos de seu filho, etc. Pessoas que viveram neste planeta antes de você nascer ou falecer não pertencem ao seu grupo karma. Ex. Pedro Álvares Cabral, Noé, Moisés, Buda, etc. Sempre aconselhamos que o homem assuma o seu papel de chefe de família e não perca tempo com futilidades.


Ele é quem tem a responsabilidade divina enquanto alma encarnada masculina de conduzir a família para uma vida mais segura, sem transtornos financeiros, com mais devoção ao cosmos e ao Eterno, exigindo sempre a presença do Senhor nas decisões que possa tomar. A Ele não é dado o direito de prejudicar o seu corpo biológico com uso de bebidas, drogas, mentiras, abusos ou exorbitâncias. Suas ações, suas vontades, sua passagem pela Terra, sua luta pela sobrevivência serão apenas uma recordação para quem com Ele conviveu no seu grupo karma. Com sua morte biológica seu cadáver se decomporá no mínimo em 3 anos.  A nossa maior riqueza é a simplicidade. Não se iluda com esta existência, você está apenas de passagem num mundo temporal.


quarta-feira, 3 de agosto de 2016

CRONOLOGIA HUMANA

A origem do ser humano no planeta Terra é uma grande incógnita. No entanto, estudos, observações e canalizações espirituais demonstram que a vida veio do Universo e que nossos ancestrais são alienígenas. A raça humana está presente no Universo em diversas galáxias e em diversos sistemas planetários com planetas em condições de vida semelhantes a da Terra sendo que em alguns lugares convivem amigavelmente com os OVSE´s. A primeira raça humana a surgir em toda a Via Láctea pertenceu à categoria ariana pura, que é natural do sistema estelar de Lira. Quando adquiriram a tecnologia da navegação espacial, passaram a colonizar planetas de diversos sistemas estelares para a expansão de seus domínios.


A chegada dos humanos airianos ao planeta Terra, provenientes do sistema de Belatrix na Constelação de Orion (242,9 anos-luz) que são uma sub-raça dos arianos de Lira com os Zetas, deu-se em 11.500 a.C. vindo estes a viver gradativamente dentro dos limites do império Alexandrino (correspondendo hoje parte da Turquia, Grécia, Síria e Egito) e Norte da Mesopotâmia. De airiana que em sânscrito significa nobre surge a palavra Irã nome de parte daquela região.


 No mundo antigo, os humanos airianos ou medos ultimamente que se dedicavam a guerra, possuíam conhecimento do espaço sideral, experimentos em ambientes de microgravidade, dos portais multidimensionais, da clonagem reprodutiva e dos sistemas estelares vizinhos de Orion, conheceram neste planeta humanos primitivos, nômades, livres, sem posse e com futuro incerto que aqui habitavam, o homo sapiens sapiens que viveram de 35.000 a.C a 12.000 a.C na atual Europa, Ásia e África do Sul. Neste tempo distante, esta raça de humanos vivia na pré-história.


 No ano 30.000 a.C. na idade do gelo havia duas espécies de humanos predadores dominantes na Terra. Aos poucos, passaram a ser comunicar uns com os outros e a inventarem as primeiras religiões. Admiravam e respeitavam os fenômenos da natureza e os elementos naturais como água, sol, lua, terra e posteriormente o fogo.  A revolução agrícola ocorreu entre 9.300 a 5.000 a.C. na região que abrange do norte da Grécia à Pérsia (atual Irã), e do rio Jordão a Criméia.


 No ano 8.000 a.C. os habitantes de Jericó, no vale do Rio Jordão, viviam de trigo e cevada, criavam cabras, carneiros, bois e cães. A história registrada na Bíblia conta o começo da família humana adâmica e explica como viemos a existir aqui na Terra. Ela até mesmo nos leva de volta a tempos remotos antes dos humanos adâmicos terem sido criados (4.026 a.C.), fornecendo-nos dados e fatos sobre a formação do planeta Terra. A partir do ano 3.000 a.C. povos semitas (acádios, assírios e babilônios) se instalaram na Mesopotâmia. A Mesopotâmia é a região delimitada pelos vales férteis dos rios Tigre e Eufrates (atual sul da Turquia, Síria e Iraque). As primeiras civilizações da antiguidade surgiram ao longo de grandes rios.


 A partir do fim da pré-história, o homem começou a agrupar-se em torno de uma idéia religiosa, tendo em comum a adoração por vários deuses (politeísmo). Em 2.000 a.C., era dos pastores de ovelhas, os povos do Mediterrâneo e do Oriente Médio na antiguidade eram formados pelos Iberos, Celtas, Berberes, Etruscos, Romanos, Gregos, Egeus, Hititas, Acádios, Fenícios, Arameus, Egípcios, Armênios, Assírios, Sumérios, Árabes, Indo-arianos, Medos e Persas. No ano 536 a.C. Ciro era o primeiro imperador da Pérsia e os magos (sábios) formavam uma casta religiosa de sábios. Foi Ciro quem libertou os Hebreus do cativeiro da Babilônia.


Nesta época a língua de comércio e diplomacia era o aramaico. Os sumérios foram edificando ao longo dos séculos torres, pirâmides e casas com todo o conforto para seus “deuses” a quem ofereciam sacrifícios enquanto aguardavam o regresso – e a cada cem anos eles retornavam. A astronomia suméria era extremamente avançada. Os romanos sempre foram tolerantes com outras crenças e religiões para o seu próprio benefício que era o de manter o seu império. O Cristianismo só surgiu 30 anos após a morte de Jesus.


Os ensinamentos de Cristo juntaram-se a Bíblia dos Hebreus e o Cristianismo prometia a salvação eterna daqueles que acreditassem e praticassem os ensinamentos de Jesus e dizia que Satã era responsável pela maldade existente no Mundo. Desde os primórdios das civilizações, o homem, intuitivamente, traz consigo a idéia de algo superior a ele.


O homem atual é descendente: dos humanos adâmicos, provenientes do sistema estelar de Vega na Constelação de Lira, berço estelar de vida, distante da Terra a (23,5 anos-luz), que conheciam outros sistemas planetários semelhantes a Terra e que habitaram ao longo do Mar Mediterrâneo; dos airianos de Belatrix que possuíam grande capacidade intelectual; dos pleiadianos - Arianos do tipo nórdico, (2.685 a.C.) provindos do sistema de Aldebaran uma estrela gigante vermelha (65 anos-luz) na Constelação de Touro, que possuíam pleno conhecimento dos sistemas estelares, das viagens espaciais e planetas de Andrômeda, da Constelação de Orion, das Plêiades - que são um aglomerado estelar com mais de 400 estrelas e milhares de planetas distantes da Terra (410 anos-luz) e de Miaplacidus.


 Habitaram o Egito dedicando-se a inspirar os humanos terrestres a religiosidade, ao culto ao Deus Sol, a tomar de volta a sua força interior criando uma nova realidade para eles mesmos (auto-educação e autoconhecimento) e mantinham estreita ligação com os Adâmicos de Lira; ou dos capelinos, espíritos que ao desencarnarem, foram expurgados de um dos planetas do sistema de Capela (42,2 anos-luz) uma estrela gigante amarela da Constelação de Auriga que se instalaram nas regiões junto a Babilônia na Mesopotâmia (5.407 a.C.) atual Iraque. Os capelinos, agora babilônios eram grandes arquitetos e construtores.


 Possuíam diversos atributos que os distinguiram das outras espécies incluindo o poder ilimitado da mente e da imaginação. Os babilônios foram os precursores da ciência astronômica. Detinham o segredo dos contatos com seres espirituais de mundos elevados, disposição para as guerras e falavam constantemente sobre as cinco regiões do Universo, da vida após a morte e da reencarnação. Babilônia foi uma cidade inconquistável e o rio Eufrates a dividia ao meio. Era a jóia dos reinos, a glória e orgulho dos caldeus. Os medos e os persas formaram uma coalizão para derrotar a Babilônia. A Média lutou sob a liderança de Dário e a Pérsia sob a liderança do Rei Ciro e assim, terminou o magnífico império babilônico e teve início ao império medo-persa.


 Enfim, somos seres da quarta dimensão vivendo na terceira dimensão enquanto estamos encarnados. Como alma-vivente nos manifestamos através de pensamentos, palavras e ações. A alma tem  natureza divina.


domingo, 3 de julho de 2016

O COMPLEXO UNIVERSO

O universo como cientificamente sabemos é infinito e falarmos dele sem mencionar o seu Criador é quase impossível. Sabemos que Deus é a sapiência maior em todos os tempos em todo o lugar, sendo a causa primaria de todas as coisas. Por mais que tentemos evitar a menção do seu nome junto à criação do ser humano, o homem já esta habituado a encontrá-lo nas Escrituras Sagradas, na Tora, no Alcorão, etc. Até o ateu já ouviu falar Dele embora não acredite na sua existência. Seres diferentes povoam o imenso espaço sideral como humanos, humanóides, anjos, espíritos, etc. No Universo somente os humanos têm natureza espiritual.


 Os humanóides não têm espírito e viajam pelo Universo através de portais dimensionais. Neste momento, você esta vivendo no subúrbio da Via Láctea no braço direito de Orion. Daqui de baixo, olhando para o céu em noites de verão podemos ver nitidamente a constelação de Orion com suas famosas três Marias, as estrelas Sírius, Procyon, Aldebaran e as Plêiades, descrevendo com grande regularidade órbitas precisas que nos maravilham. Há uma grande unidade nas leis do cosmos; através do espectro de vida e não vida, desde as partículas subatômicas do microcosmo até à extensão macrocósmica do universo e a integração se manifesta em cada nível. Mas o que isto tem de importante em nosso estudo?


Podemos nitidamente perceber que com os nossos atuais padrões de velocidade, seria completamente impossível uma viagem tripulada a planetas extra-solares através de veículos espaciais. No entanto, foi a partir do centro da Constelação de Orion que começou nossa viagem cósmica para a Terra, quer sob a forma de transmigração de almas ou pela travessia de portais dimensionais em tempos remotos, como foi em Atlântida, 287,  Stonehange, nos templos incas, maias e do portal dimensional anteriormente existente e ancorado nas grandes pirâmides do Egito. Existe no universo muita forma de matéria e de energia.


Tudo no universo é composto de duas formas básicas: Matéria: É tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e possui massa, ou seja, tudo o que podemos tocar a nossa volta, ou colocar em uma área (ar atmosférico). Energia: Tudo aquilo que pode alterar a matéria ou executar algo, através de uma força, ou seja, aquilo que sentimos e não é matéria (calor, pressão, som, movimento, eletricidade, etc). Existe no Cosmos sistemas planetários com mais de um sol; em outras galáxias, sistemas com três sóis e até mais, ou seja, lá não há noite.


Existem inúmeras raças extraterrestres, de matérias e corpos diferentes, adaptados à formação e estrutura básica do seu planeta de origem, para sua sobrevivência no mesmo. Tudo parece complexo ao leigo, más na verdade, o entendimento é muito fácil. Não importa quantas civilizações passaram pela Terra, o importante é o legado de conhecimento que nos deixaram para o nosso aperfeiçoamento ético-moral e espiritual. Más o que deve ser de nosso conhecimento é que o mal está presente em todo o Universo e que existem colônias de recuperação espirituais por toda a galáxia. Nestas colônias espirituais, os espíritos se preparam para uma próxima reencarnação. Além das fronteiras da criação, existem mundos com atividades específicas para a obra de Criador que são os mundos de Seiphas.



 A Terra foi destinada a vida humana e não serão as guerras do Oriente Médio ou as mencionadas nas profecias de Daniel (606-536 a.C) e João, o apóstolo, na Ilha de Patmos na Ásia Menor (90 d.C), que irão extinguir os humanos do planeta. O Universo é uma prova da existência do Criador. A vida humana tem como única fonte de sabedoria o seu Criador. A alma dos mortos reencarna cada vez em um nível mais elevado. Nós fomos criados para viver eternamente na vibração do Criador. Precisamos de algo para nos sustentar. Talvez a esperança.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

VIAJANTE SOLITÁRIO




  Somos parte do universo construído por Deus e por ele caminhamos há muitas encarnações em infinitas moradas. Os seres humanos ou espíritos de luz encarnados, são poeiras das estrelas dotado de uma essência divina ou alma. Vivemos num plano tridimensional e temporal. Podemos observar que há ferro no sangue, cálcio nos ossos e elementos pesados no corpo físico. Os materiais que conhecemos e a matéria do que somos feitos começaram como átomos produzidos pela explosão de estrelas.  Há duas formas de se caminhar pelo espaço sideral.


Uma através da reencarnação. Como um espírito de luz proveniente do plano astral, encarnando no planeta B, do sistema estelar X, na galáxia Z, de acordo com o grau evolutivo na escala espiritual que ele se encontra no momento. Através da fecundação surge após nove meses uma nova criança no mundo, processo este em que um espírito de luz imortal toma um corpo físico mortal para viver entre nós e cumprir sua missão no planeta Terra até o dia do seu retorno ao plano astral (morte física). Neste mundo evolutivo e de sofrimento, uma pessoa de acordo com o seu karma sofre de forma diferente da outra. Um mesmo espírito pode reencarnar várias vezes na Terra.


 Por exemplo, um espírito que encarnou no planeta Terra há 35.000 a.C. e não alcançou o seu grau de evolução merecido para encarnar em um mundo regenerado em outra parte da Via Láctea já reencarnou aqui 215 vezes. Esta geração agora encarnada, já teve e terá muitas existências corporais em diferentes mundos. Muitos espíritos por razões desconhecidas têm sua missão abortada e retornam ao plano espiritual.  Lamentável mais é verdade. Só deixaremos definitivamente este planeta que é um planeta de provas e expiações de forma efetiva, quando atingirmos o nosso estágio de santidade ou homem espiritual.


 Até então, subiremos ao plano astral e desceremos constantemente ao planeta Terra, como um aluno que repete sempre a mesma série no ensino fundamental.  Para ser promovido será preciso que tenha conceitos, merecimento e qualificação para tanto. A outra forma, como um espírito de luz agora encarnado no planeta B, do sistema estelar X, na galáxia Z, ir para o planeta D, do sistema estelar J, na galáxia P ou para o planeta H, do sistema estelar X da mesma galáxia Z, através de um portal dimensional que é uma abertura no tecido do espaço e tempo permitindo que se vá de um lugar a outro sem cruzar o espaço entre eles ou para um universo inteiramente novo. Este processo que se chama Transmigração é muito utilizado por inteligências extraterrestres. Teoricamente, podemos ir a outro lugar no espaço e no tempo através de portais, brechas ou aberturas nas leis do universo.


 Portal dimensional é uma abertura, às vezes com quilômetros de largura, pela qual passamos coisas ou objetos de um espaço para outro sem ser destruído por ondas gravitacionais. Você poderá surgir em outro local do espaço, em outra parte do universo ou para fora do universo. O universo é cheio de buracos negros que podem originar outros universos como bolhas de sabão em uma banheira. Se não houvesse estrelas o universo seria só hidrogênio e nada do que conhecemos existiria.


 Talvez sejamos o universo tentando entender a si mesmo. Mesmo assim ficam estas perguntas para sua reflexão. 1. De onde viemos? 2. Para onde vamos? 3. Existem outros mundos? 4. O que há fora do Universo? 5. O que aconteceu antes do início do universo? 6. O que acontecerá se o mundo acabar? Já pensou nisto? Então agora é a sua oportunidade para refletir e se transformar em um homem ou mulher espiritual. Reflita e seja uma nova criatura emocional.



terça-feira, 3 de maio de 2016

DEIXADOS PARA TRÁS



Enquanto o exército cristão caminha pela Terra, conta-se no mundo espiritual que no intervalo de suas existências corporais (entrevida) os espíritos se encontram no estado de erraticidade e formam a população espiritual do ambiente da Terra, ou seja, junto à crosta terrestre na quarta dimensão. A alma que depende do corpo biológico ou natural passa ser chamada de alma vivente e está sujeita as decepções e dificuldades do mundo. Na caminhada terrena o homem encontrará com dois tipos de inimigos: os demoníacos e os terrenos além da ação do governo oculto.

Demoníacos são inimigos espirituais naturais do homem, os principados, as potestades, os dominadores dos mundos tenebrosos e os espíritos desencarnados presos no baixo astral. A quantidade de inimigos terrenos que podemos ter varia de acordo com o tamanho da nossa área de influência, quer seja na família, nos contatos profissionais ou relacionamentos afetivos.

 Enquanto continuarmos respirando, sempre seremos denominados como almas viventes ou espíritos encarnados sujeitos a dominação do governo oculto. Habitue-se a falar com Deus em silêncio antes de dormir para ser bem recebido no mundo espiritual ao sonhar.  Ajude as pessoas com o seu conhecimento ou trabalho, pois precisamos permanentemente de cura física e espiritual.

Quem seria Deus nos dias atuais?  Deus é a energia criadora, a energia mantenedora da vida e a energia transformadora. Temos visto nos dias atuais que o homem recebe influências do meio social em que vive, podendo mudar os seus comportamentos para o bem ou para o mal. Daí, algumas vezes, se considerar uma pessoa como desalmada, desumana, cruel, perversa, inflexível, violenta, inteligente, despreparada, corrupta, etc. Interesses pessoais manipulam a mente humana. Hoje, meu corpo treme más a minha alma não treme.

 É o homem quem dita regras para o seu corpo físico e que esta sempre em choque com o espírito ou Eu interior. Afinal quem somos nós? O confronto entre o corpo e o espírito acontece sempre na mente racional com sentimentos de culpa, tristeza, vingança, ódio, infelicidade, culminando sempre no enfraquecimento do corpo biológico ou distúrbios emocionais. O espírito quando não está no plano material, esta no plano espiritual. Tanto num estado como no outro ele é bombardeado por energias negativas e medo.

A alma vivente há muito tempo vem sofrendo perturbações, depressões, desilusões e não pode ver o mundo espiritual porque as vibrações são densas e diferentes. Algumas vezes ao estarmos em sintonia com o baixo astral e recebemos dele influencias maléficas de espíritos desencarnados que andam por aí sob a égide do mal.  As pessoas mais afetadas pelos maus espíritos são aquelas que estão deprimidas, preguiçosas, guardam rancor, sentimentos de vinganças, são muito emocionais, etc. É preciso criar uma blindagem mental e extrafísica para que possamos viver em paz com a família, com os vizinhos e principalmente com nós mesmo. Somente uma mudança consciente de atitudes, metas e pensamentos pode refazer esta situação crucial.

 Como numa guerra espiritual os espíritos demoníacos nos irritam, nos atormentam, nos desanimam, retardam a nossa prosperidade no mundo material, dissolvem famílias e relacionamentos conjugais e somente um poder de libertação se faz necessário. Estamos no olho do furacão. Portanto, valorize a encarnação atual e seus desdobramentos. Na prática da vida nenhuma doutrina pode dar consciência a você. Deuses e milagres não existem. São produtos da imaginação humana. O cérebro humano cria deuses, cria religião, cria rituais e cria até papai Noel. O mundo está amadurecendo, ficando velho. Será que as histórias da Bíblia continuarão sendo verdades?  Quero ver para crer.

 A doutrina da reencarnação embora antiga e por muitos rejeitados consista em admitir para a alma várias existências sucessivas, cerca de 700 vezes. Através das mortes e dos nascimentos, as duas populações terrestre e espiritual deságuam constantemente uma na outra. É um processo contínuo em que nós somos sempre as vítimas da evolução espiritual. Há, portanto, diariamente, término do grupo karma pessoal e emigrações do mundo corpóreo para o mundo espiritual e imigrações do mundo espiritual para o corpóreo. É um vai e vem constante.

 Na verdade os maus espíritos influenciam as pessoas por meio de telepatia, maus conselhos, mau olhado podendo torná-las escravas do mal. Podemos até dizer que abaixo dos céus, no olho do furacão, o perdido, o disperso vira troféu. O ser humano é influenciável. Hoje, as raças adâmica, ariana, capelina e pleidiana existem simultaneamente. Três delas pertencem aos reis do oitavo céu. A quarta raça, porém, não faz parte de reino nenhum e é perfeita, esta raça é superior a todas as outras. 


Aprender a natureza do mal leva uma vida de estudo. Aprenda a perdoar e a ser grato. Não crie crenças, apenas eduque a consciência. Você deve ser o dono da sua própria vida. Policie o seu comportamento diante da grande tribulação. Quem busca, criará em si asas para escapar de qualquer espírito visível e da iniquidade. Quando os céus ordenam, tudo dá certo. Ainda há uma chance para os anjos e deuses. A família é um protótipo do Reino de Deus.

domingo, 3 de abril de 2016

O LABERINTO




Nesta jornada cósmica nós recebemos da divindade estes vasos biológicos (corpos biológicos) que somos responsáveis. No entanto, não cuidamos do nosso bem estar físico e emocional e apenas envelhecemos. Influencias negativa tentam nos impedir de ir para frente. O nosso envolvimento emocional com algumas pessoas chegou até a diminuir nossa capacidade de raciocínio. Mas porque nada tem mudado em nossas vidas?


 Por que apenas acumulamos ao longo do tempo informações de bancada em nossas memórias integradas e nada colocamos em prática. Descobrimos que o excesso de pensamentos negativos chega a atordoar a nossa emoção e que Deus não pode fazer nada por nós se nós não nos ajudarmos ou termos uma nova abertura para a vida. Vivendo nesta sociedade competitiva e materialista, passamos pelo tempo apenas vendo defeitos nos outros e nada fazemos por nós mesmos ou pela humanidade.


 Cada vez mais a humanidade desconhece o sentido da palavra amor. Nossa auto-estima ainda continua em baixa. O amor por nós mesmos sumiu dando lugar aos riscos que expomos o nosso corpo físico. Os nossos conflitos internos por sua vez fazem com que nos isolemos e criemos um clima de que estamos doentes para ter atenção e pena da nossa família. Procuramos fora de casa a alegria passageira que nós não temos e nos enganamos o tempo todo. Estamos muito devagar em relação ao grau evolutivo que nos foi imposto para este tempo na Terra.


 Queremos avançar, mudar, más a autodisciplina não conseguimos efetuar. Não basta conhecermos a verdade se não sabemos como executá-la. É difícil viver em tempos de recessão, de tanta miséria, de falta de dinheiro, de oportunidade, de mágoas, de falta de valorização dos jovens e novos talentos, de falta de emprego e empobrecimento do país. Nunca estamos dispostos a ajudar ou colaborar com alguém.


A vida para nós é como um laberinto, pois conhecemos a partida e desconhecemos a chegada. A mudança de vida é um processo de dura execução. Duas coisas identificam o ser humano atual: a má vontade e a incapacidade em ajudar o próximo. Sempre com má vontade e preguiça mostramos o lado negro do nosso interior e a insatisfação com os acontecimentos ao nosso redor. Quem se estressa não tem a capacidade de perdoar e fica irritado facilmente.


 O ritmo de algumas pessoas pode ser lento ou rápido. A dualidade dos opostos indica que o ser humano pode ser forte ou fraco, prático ou aventureiro e que tudo depende da perspectiva de quem vê. O ser humano sofre muito para resolver questões simples e que exigem sua dedicação. A vida que temos hoje foi uma opção inconsciente fizemos no passado. O homem aposentado e que não tem emprego não acha o colorido da vida. Entra em desânimo, angustia e depressão.


Aprenda a dominar o seu tempo, ou seja, os 1440 minutos que compõem o dia. O valor comercial de uma pessoa ativa e que faz muitas coisas em pouco tempo é bem maior.  O seu sucesso dependerá de quanto você sabe conviver com o seu dinheiro e tempo para gastá-lo. Para que você possa mudar o seu futuro faça uma opção consciente hoje, no presente. Compete a nós filtrarmos o nosso coração para tirarmos as mágoas e fazer da vida uma sucessão de fatos felizes.


Não fique magoada com quem já lhe fez infeliz.  A partir de agora cuide do seu relacionamento afetivo, da comunicação interpessoal, da sua motivação e do seu marketing pessoal. Coloque Deus à frente do seu negócio e auxilie o próximo. Coloque sua família na sombra do Altíssimo. A conquista vem pelo trabalho e aprendizado. Com um início modesto nós realizamos muitas coisas. No milênio os índigos aprenderão a viver com menos recursos.




terça-feira, 22 de março de 2016

REVELANDO MISTÉRIOS




Todos nós somos chamados a buscarmos o nosso eu superior e sermos místicos mágicos esotéricos contemplativos. Se ligarmos os fatos bíblicos com os fatos históricos e as descobertas arqueológicas, veremos que somos participantes do mundo gentílico e os Israelitas o povo do Deus de Abraão. Veremos que a raça humana está corrompida e alienada do Criador. Apesar disto, os habitantes deste planeta recebem e continuarão recebendo iniciação divina para uma regeneração espiritual, individualmente ou em pequenos grupos dentro de seu próprio ciclo de vida estando, no entanto, todos inter-relacionados uns com os outros em egregoras.


Egregoras são grupos de pessoas com o mesmo propósito evolutivo. Estamos no tempo da graça e mudança interior onde o Criador se comunica conosco através de sonhos ou visões como já foram feitas no passado e relatadas na Bíblia Sagrada. 287 A iniciação divina é um grande portal mental e espiritual que se abre para que tenhamos uma vida comportamental mais feliz dentro de um planeta desarmônico e regido pela maldade humana. Mentores especiais como Jesus trouxeram até nós ao longo do tempo mensagens inspiradoras para a nossa reforma espiritual e mudança de coração.


Estas mensagens contidas como pistas na sabedoria e na memória astral do ser humano tem despontado o interesse do mundo para o ângulo sobrenatural. No ápice do triangulo sobrenatural está o Criador, o Ser Supremo, o Deus do Céu, o Onipotente, o Arquiteto do Universo e o Senhor dos Mundos. Chegará um tempo (últimos dias) em que a população mundial depois de cansada de vários períodos de guerras, pestilências e sofrimentos obterá conhecimentos suficientes para sua vida harmônica no planeta Terra. Até lá, milhões de almas retornarão ao Criador fruto das guerras incoerentes na plenitude da Terra.


O planeta Terra é dual onde o mal está sobreposto ao bem. No passado, Jesus foi iniciado por João Batista e Pedro foi iniciado por Jesus. As escolas de mistérios e sabedorias humanas transmitem ensinamentos, como o de entrar em contato com o Espírito Santo, de expulsar espíritos opressores, de curar com as mãos, do poder pessoal de superar os desejos, as vaidades, os ciúmes, as ambições e as vontades de nossa própria personalidade. Nelas o iniciado poderá ver os planos não-físicos e viajar por eles mesmo ainda estando encarnado em um corpo físico.


 Por outro lado, o não-iniciado terá que esperar até a morte física para descobrir o que tem do outro lado da vida. Existem dezenas de ordens iniciaticas, como os gnósticos, teosofistas, etc. e grande parte delas baseadas no alto esoterismo ou na cabala (gráfico sagrado ou árvore da vida). Como sabem, a iniciação não é feita apenas de aprendizagens, teorias, dogmas e de conhecimentos filosóficos.  287  Nas rotinas diárias, no ganhar ou no perder, no desejar e no compartilhar, no silêncio ou caminhar, no desapego ou na determinação, no amar ou odiar, na paixão ou na dor, no orar ou acreditar, no amanhecer ou anoitecer, teias e redes invisíveis formam a trilha da nossa iniciação verdadeira que é cósmica.


 Mas, só há uma compreensão que supera tudo!  O '' EU SOU O QUE SOU'' (Êx. 3:14) é único e tornou-se tudo. Todos nós possuímos uma herança extraterrestre genética e uma herança extraterrestre espiritual. Pelo sacrifício da encarnação na superfície terrestre, muitos poderão se demorar mais ou menos neste planeta, por estarem envolvidos com as energias negativas planetárias de acordo com os laços criados pelas leis cármicas ou de acordo com suas missões.  Todos nós viemos ao planeta Terra, para reconquistarmos a liberdade plena, a força do amor, a unidade e o alto grau de consciência cósmica que em outras vidas já tivemos ou vivemos.


 É preciso limpar as energias e purificar os sentidos que automaticamente teremos o coração purificado. Quando o coração está purificado, existe uma constante e incessante lembrança do "EU SOU O QUE SOU". 287  EU é o Criador interior que está em nós constituído pela essência ou espírito. Quando existe a lembrança de que somos extensão de Criador, todos os vínculos negativos são desfeitos e a liberdade espiritual é alcançada. A vida é cheia de mistérios e enigmas paranormais. Acalme-se, mantenha o seu equilíbrio emocional.


Pois tudo o que esta no seu cérebro foi levado pelos sentidos e guiados pela emoção. Lembre-se que o homem é uma criatura emocional. Quando, no futuro, a saudade das estrelas vier a aflorar, lembre-se da devoção, da meditação e perceba o “EU SOU O QUE SOU” dentro de você. Cuidemos dos jovens e das crianças para um mundo melhor. As crianças dão cor e beleza a nossa vida e os netos são a última oportunidade de reeditar o nosso afeto. A nossa maior emoção e alegria são ver a felicidade das crianças neste momento. Que o Senhor toque o nosso coração e nos traga humildade.